No último episódio de Botsuana Álvaro Garnero e equipe puderam conhecer o impressionante Parque Nacional de Chobe, o maior santuário de elefantes do mundo, abrigando cerca de 50 mil animais da espécie Kalahari.

A equipe ficou hospedada no Belmond Savute Elephant Lodge, um hotel que fica acima das copas das árvores e permite a visão constante desses gigantes da África. Na primeira saída para o Safari, antes de se encontrar com os elefantes a equipe pode acompanhar a caçad frustrada de um grupo de leoas. Mas logo depois os gigantes de Chobe se apresentaram para Álvaro.

Logo depois desse encontro, Álvaro foi conhecer outros gigantes do Parque Nacional de Chobe: os Baobás. O baobá é uma árvore que chega a alcançar alturas de 5 a 25m (excepcionalmente 30m), e até 7m de diâmetro do tronco (excepcionalmente 11m). Destaca-se pela capacidade de armazenamento de água dentro do tronco, que pode alcançar até 120.000 litros. Por causa desse armazenamento excepcional de água, ela acaba sendo destruída por elefantes nos períodos de seca, porque é ali que eles buscam hidratação.

Saindo da floresta a equipe foi documentar uma riqueza histórica encontrada no parque, pinturas rupestres de mais de 2000 anos que ainda estão impressas em pedras protegidas da chuva. No meio da gravação, um susto: todos tiveram que correr porque um grupo de leoas estava por lá para caçar. E as presas dessa vez não eram nem zebras, nem impalas, mas toda a equipe do 50 por 1.

Passado o susto todos puderam reencontrar o primeiro grupo de leoas, agora com a fome saciada, depois de uma caça de sucesso: o abate de um búfalo. Foi o dia da caça para a equipe e dia das caçadoras para as leoas que conseguiram sua presa.

Assine nossa newsletter

ME ACOMPANHE NO FACEBOOK

ME SIGA NO INSTAGRAM

ME SIGA NO TWITTER

English English Português Português