O 50 por 1 voltou ao Catar para mostrar um dos pontos turísticos mais antigos de Doha: o Souq Waqif. Em 2006 o governo do Catar resolveu reformar toda a área para preservar a importância histórica do local.


Todo prédio construído depois de 1950 foi derrubado, os mais antigos reformados e a arquitetura que cerca o Souq voltou a ser a mesma do início do século XX. Os antigos prédios receberam proteção contra o calor e o sol para que o passeio dos turistas ficasse melhor. Souq Waqif significa literalmente “Mercado de pé”.


Dentro do Souq é possível encontrar de tudo: padarias, lanchonetes, lojas de especiarias, roupas, frutas, até uma área que vende pássaros, o animal doméstico preferido dos cataris – no Souq é possível ver os locais passeando com seus pássaros, em especial, falcões, como se fossem cachorros. No Souq Álvaro também conheceu Saad Ismail Al Jassim, o último pescador de pérolas do país – era a extração de pérola que sustentava o Catar antes da descoberta do petróleo.

Outra particularidade do Souq Waqif é que quando ele começou a ser reformado, o próprio Emir pediu que fosse reservados alguns dos prédios históricos onde pudessem funcionar pequenos hotéis. No final nove prédios foram transformados em hotéis com uma média de pouco mais de 20 quartos por prédio (são 183 quartos no total). O conjunto foi chamado de Souq Waqif Boutique Hotels e os hotéis são: Al Najada, Al Mirqab, Arumaila, Musheireb, Al Jasra, Al Jomrok, Bismillah, Al Bidda e Al Najd. A equipe do 50 por 1 ficou hospedada no Al Jasra, o mais requintado de todos os hotéis.


Como uma fica ao lado do outro o hóspede pode usar a piscina de um hotel, o restaurante de outro e o spa de um seguinte. Os serviços de todos os hotéis estão abertos a qualquer cliente que se hospedar em um dos hotéis, o que faz com que o turista não só conheça mais prédios históricos, como também passeie mais pelo Souq.

Assine nossa newsletter

ME ACOMPANHE NO FACEBOOK

ME SIGA NO INSTAGRAM

ME SIGA NO TWITTER

English English Português Português